featured Content

News

Die postwestliche Weltordnung 2018

 

The “Security Policy Forecast 2018”, yearly publication by the Austrian Ministry of Defence, includes Oliver Stuenkel's article on the post-western global order. [Die postwestliche Weltordnung]. The report includes pieces by, among others, Ivan Krastev, Mark Leonard, Hal Brands and Walter Russell Mead on Europe's and the United States' geopolitical challenges. Available for free download here [in German].

Read also:

Brazil’s top 10 foreign policy challenges in 2017

Review of ‘Post-Western World’ in the New York Review of Books (NYRB)

The BRICS Leaders Xiamen Declaration: An analysis

Encontro com o Coordenador – MBA em Relações Internacionais em Brasília

 

No dia 1 de fevereiro às 19h, Oliver Stuenkel, coordenador do MBA em Brasília, estará na FGV da capital federal para conversar com interessados no curso. Tirará dúvidas sobre professores, conteúdo e mercado de trabalho. As inscrições para a conversa podem ser feitas no link: http://bit.ly/2DSLFig

Sobre o MBA

Qual o papel da guerra e da paz no século XXI? De que modo tem evoluído o equilíbrio de poder diante das transformações estruturais do mundo contemporâneo? Qual é o ambiente estratégico em que vivemos e o que há de novo nas relações internacionais nos dias de hoje? O MBA em Relações Internacionais da FGV conta com uma equipe multidisciplinar que prepara seus alunos para responder a essas perguntas com sofisticação. …

Encontro com o Coordenador | MBA em Relações Internacionais em São Paulo

No dia 30 de janeiro às 19h, Oliver Stuenkel, coordenador do MBA em Relações Internacionais, estará na FGV em São Paulo para conversar com interessados no curso. Tirará dúvidas sobre professores, conteúdo e mercado de trabalho. As inscrições para a conversa podem ser feitas no link: http://bit.ly/2DP0BhF

Sobre o MBA

Qual o papel da guerra e da paz no século XXI? De que modo tem evoluído o equilíbrio de poder diante das transformações estruturais do mundo contemporâneo? Qual é o ambiente estratégico em que vivemos e o que há de novo nas relações internacionais nos dias de hoje? O MBA em Relações Internacionais da FGV conta com uma equipe multidisciplinar que prepara seus alunos para responder a essas perguntas com …

Escalada autoritária na América Central (EL PAÍS)

 

OLIVER STUENKEL 11 JAN 2018 - 16:08 BRST

https://brasil.elpais.com/brasil/2018/01/11/opinion/1515691432_154016.html

O primeiro sinal de que algo estava errado na minha recente viagem de pesquisa à Nicarágua foi quando quase ninguém aceitou falar on the record, ou seja, se identificando plenamente, sobre o presidente Daniel Ortega. "Eu simplesmente não quero problemas com Ortega", disse um acadêmico. Félix Maradiaga, empreendedor social de Manágua e um dos poucos sem medo de falar abertamente, afirmou: "O Governo deixa você em paz desde que não faça críticas. Mas, se fizer, complicam sua vida."

Às vezes, o Governo faz seus alertas de forma sutil, às vezes não tanto. Em várias ocasiões, acadêmicos estrangeiros, em visita à Nicarágua, fizeram perguntas inconvenientes e foram convidados a embarcar no …

MBA em Relações Internacionais da FGV – Prof. Raphael Rocha

 

Em março terá início a próxima turma MBA em Relações Internacionais da FGV em Brasília. Com professores de altíssimo nível, graduados em instituições de renome internacional e reconhecidos pelo mercado, os alunos do MBA recebem treinamento especializado para atuar no ambiente global. Neste vídeo, o professor Raphael Rocha fala sobre a disciplina "Internazionalização de Empresas", que ministra no MBA.

Saiba mais em http://ri.fgv.br/ensino/mba/brasilia

Ler mais:

MBA em Relações Internacionais da FGV — Prof. Eduardo Melo

MBA em Relações Internacionais da FGV – Prof. Rodrigo Tavares

MBA em Relações Internacionais da FGV – Prof. José Bortoluci

Vaga para Assessor da Coordenação da FGV CPDOC em São Paulo

Sobre a FGV CPDOC

O Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC) é a Escola de Ciências Sociais da Fundação Getulio Vargas. Criado em 1973, tem o objetivo de abrigar conjuntos documentais relevantes para a história recente do país, desenvolver pesquisas de ponta e promover cursos de graduação, pós-graduação e de educação continuada.

O CPDOC inaugurou sua Coordenação em São Paulo em 2009, tendo como objetivo desenvolver estudos nas áreas de Ciências Sociais e Relações Internacionais. Hoje, por meio de seu Centro de RI, o CPDOC em São Paulo oferece a Formação Complementar em Relações Internacionais para os cursos de graduação da FGV, além de promover o debate público e pesquisas acadêmicas de excelência, estabelecendo parcerias …

MBA em Relações Internacionais da FGV — Prof. Eduardo Melo

 

Está aberto o período de inscrições para o próximo módulo do MBA em Relações Internacionais da FGV em Brasília, com início das aulas no primeiro semestre de 2018.

No curso, você aprenderá a fazer diagnósticos do ambiente internacional por meio de habilidades e conhecimentos necessários a todas as áreas das RIs, lidando com as incertezas que advêm das transformações nos cenários político e econômico internacionais. Para obter mais informações ou inscrever-se, acesse o site: http://ri.fgv.br/ensino/mba/rio-de-janeiro.

Neste vídeo, o professor Eduardo Mello fala sobre a disciplina "Desenvolvimento Internacional", que ministra no MBA.…

Vaga de assistente de pesquisa em São Paulo

 

Descrição da vaga

O assistente estará envolvido na execução do projeto Pax Brasiliana, coordenado pelo professor Oliver Stuenkel. Entre as atividades principais, o graduando dará apoio a pesquisas sobre política externa brasileira; à preparação de materiais para reuniões e entrevistas de história oral; à revisão de textos; e ao auxílio na gestão de projetos de financiamento.

Perfil do(a) candidato(a) • Graduando(a) em Administração Pública, Ciências Sociais, Economia, História, Relações Internacionais ou áreas afins (cursando atualmente do 3º ao 7º semestre); • Fluência oral e escrita na língua inglesa (indispensável); • Autonomia, organização, bom gerenciamento de tempo; • Responsabilidade na execução de tarefas e projetos; • Ótima comunicação verbal e escrita. • Espanhol avançado ou fluente é um diferencial

Processo …